[vídeo] Cohidro 38 anos | Parabéns Cohidro!

postado em: Vídeos | 0
Assista o vídeo apontando a câmera do seu celular para o QR Code

A história da Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe, instituída em 13 de abril de 1983, foi forjada em 38 anos de conquistas que deram muito orgulho aos sergipanos.

Graças ao compromisso de não parar nenhum dia de servir a este povo.

Ela se tornou um ente público de atividade essencial.

Tanto é que, neste período em que completou mais um ano de existência, exigiu de seus funcionários e parceiros, um esforço extra.

Durante a pandemia do coronavírus, a Cohidro manteve a execução de obras e a oferta de seus serviços.

Por consequência, as comunidades beneficiadas mantiveram a captação, a distribuição de água e a geração de alimentos via irrigação.

Os fonogramas do vídeo foram gentilmente produzidos e cedidos pelo funcionário da Cohidro em Canindé de São Francisco, Francisco Carlos Pereira Santos, para ser o Hino da Cohidro.

FICHA TÉCNICA
Letra e música: Francisco Carlos (Cohidro)
Arranjo e partitura: Cabo Efraim (Banda de Música do 28° BC)
Maestro: Sargento Freitas (Banda de Música do 28° BC)
Instrumental: Banda de Música do 28° BC
Intérprete: Júnior Ritir (Canindé de São Francisco)
Estúdio (voz): Brito Estúdio de Gravações (Canindé de São Francisco)

Baixe o Hino da COHIDRO - vocal com 6 refrães Baixe o Hino da COHIDRO - vocal com 5 refrães Baixe o Hino da COHIDRO - instrumental

 

LETRA

Cohidro é vida
Tu és o pulsar do meu coração
Está entre as melhores
Companhias de irrigação

Água é o seu ideal
Esperança e vida
Para o interior
Orgulho dos Sergipanos
E também dos seus servidores

Quando estou distante vivo a sonhar
Companhia querida
Igual a ti não há

Empresa muito forte
De grande coração
Foi lá que eu aprendi
A amar o nosso irmão

(Refrão)
Cohidro, empresa querida
Por ti serei capaz
De dar minha própria vida

Perfuração de poços
Água a todo vapor
Levando nossa riqueza
Às mãos do agricultor

(Refrão)

Rica é sua história
De homens sem temor
Do sertanejo forte
Pra terra Deus criou

(Refrão)

Enquanto azul e branco
São as cores do pendão
Água brota da terra
Que alimenta a plantação

Cohidro eterna e querida
Por ti serei capaz
De dar minha própria vida

Para essa gente boa
A nossa gratidão
Deus Criou a Terra
Cohidro no coração

Sergipe é minha terra querida
Por ti serei capaz de dar minha própria vida

Atualizado em