Governo realiza II Webinário sobre Segurança de Barragens em Sergipe

Cohidro vem adotando plano de segurança dentro Política Nacional de Segurança de Barragens, expôs engenheiro responsável
[Foto: Reprodução]
Atualmente em elaboração pelo Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs), Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos irrigação de Sergipe (Cohidro) e Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), o Plano de Segurança de Barragens (PSB) e o Plano de Ação de Emergência (PAE) são dois dos principais instrumentos da Política Nacional de Segurança de Barragens (PNSB). Temas principais do II Webinário sobre Segurança de Barragens em Sergipe, realizado de forma virtual pela Superintendência Especial de Recursos Hídricos e Meio Ambiente (Serhma), vinculada à Sedurbs, na semana passada.

O evento teve como objetivo principal dar continuidade aos assuntos apresentados e discutidos no primeira edição do seminário, realizado em novembro de 2019. O maior propósito dos encontros é traçar e aplicar métodos de monitoramento, segurança e ações concretas em situações de emergência, em um eventual rompimento das barragens estaduais Jaime Umbelino de Souza (rio Poxim Mirim), Governador João Alves Filho (Perímetro Irrigado da Ribeira), Dionísio Machado (Perímetro Irrigado Piauí), João Ednaldo Alves (Perímetro Irrigado Jabiberi) e as dos perímetros irrigados Jacarecica I e II.

Tendo como público alvo profissionais da Defesa Civil de 19 municípios dos territórios Agreste Central, Alto Sertão, Centro Sul, Grande Aracaju, Leste, Médio Sertão e Sul Sergipano, e ainda da Universidade Federal de Sergipe, Instituto Federal de Sergipe, Faculdade Pio X, Adema, Ministério Público Federal e Estadual, entre outros interessados, o Webinário teve em seu quadro de palestrantes, especialistas da Agência Nacional de Águas (ANA), Cohidro, Deso e Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil (Depec), que fizeram explanações sobre assuntos específicos, sendo que ao final de toda delas, foi determinado um tempo para esclarecimentos, perguntas e respostas.

Melhorias
Com o tema Política Nacional para Segurança de Barragens: avanços e desafios, o engenheiro civil e coordenador de fiscalização e segurança de barragens públicas da ANA, Josimar Alves de Oliveira, fez um panorama das barragens existentes no país, apontando suas características, seus principais problemas e a maneira como elas são fiscalizadas, ressaltando que a partir da Resolução 143 e da alteração na lei de segurança e monitoramento de barragens, as melhorias nas políticas da segurança de barragens é algo que está mais próximo de se concretizar.

Para o superintendente Especial de Recursos Hídricos e Meio Ambiente e mediador do evento virtual, Ailton Rocha, a realização do Webinário é de extrema relevância para as ações a serem desenvolvidas, uma vez que o tema trata-se de uma das metas do Progestão coordenado pela Agência Nacional de Águas (ANA).

Cohidro

[Foto: Reprodução]
Engenheiro civil responsável pelo setor de Hidrologia e Engenharia de Barragens na Cohidro, Armando Bezerra em sua participação no II Webnário explicou que o Governo do Estado e Banco Mundial, através do Programa Águas de Sergipe (PAS), contrataram consultores multidisciplinares que apontaram algumas sugestões de implementação nas barragens da Cohidro e Deso. “Algumas das ações já foram executadas, como o estudo para a implantação de stop-log e descarga de fundo, [sistemas para controle de vazão] que anteriormente as barragens não possuíam. O estudo hidrológico das bacias hidrográficas, que vai possibilitar o dimensionamento do vertedor, para maior segurança à barragem, dando uma vazão regularizada. Como as barragens foram idealizadas para perímetros irrigados, uma ampliação será um benefício para o estado”, justifica Armando Bezerra.

Ainda, segundo o engenheiro da Cohidro, com o tempo as barragens tendem a perder volume por diversos fatores, dessa forma uma das medidas tomadas foi a batimetria das bacias hidráulicas; além do georreferenciamento, para confirmar com novos dados a topografia das barragens. “Quanto mais dados, mais apuramento e seguranças nas estruturas da barragem. Em conjunto com essas ações, a recuperação das estruturas físicas das barragens já foram iniciadas, em Jacarecica II, situado em Areia Branca, a proteção de talude a jusante [plantio de gramíneas] estão instaladas para evitar riscos de erosão. Além disso, o interior das barragens [conhecido por galerias] também passou por um processo de limpeza, pintura e nova iluminação para garantir a melhor segurança possível aos funcionários que ali trabalham”, completa Armando.

Fonte: Agência Sergipe de Notícias

Assista a gravação do II Webinário sobre Segurança de Barragens em Sergipe:

Atualizado em