Cohidro é homenageada pelo Crea-SE em sua última plenária do ano

Diretor João Fonseca representou a empresa ao receber o prêmio do Crea-SE – Foto Fernando Augusto (Ascom/Cohidro)

Na ‘Sessão Plenária Solene 2018’ do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-SE), nesta sexta-feira (21) à noite, a Cohidro recebeu uma placa honorífica da entidade ‘pela parceria de sucesso e pelos relevantes serviços prestados à Engenharia e à Agronomia no estado de Sergipe e ao sistema Confea/Crea’. Recebeu a homenagem o diretor de Irrigação e Desenvolvimento Agrícola da empresa, João Quintiliano da Fonseca Neto, no evento que homenageou nomes de destaque na atuação profissional na iniciativa pública, privada e também da pesquisa, diplomado ainda os conselheiros da instituição.Na ‘Sessão Plenária Solene 2018’ do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-SE), nesta sexta-feira (21) à noite, a Cohidro recebeu uma placa honorífica da entidade ‘pela parceria de sucesso e pelos relevantes serviços prestados à Engenharia e à Agronomia no estado de Sergipe e ao sistema Confea/Crea’. Representou a empresa o diretor de Irrigação e Desenvolvimento Agrícola, João Quintiliano da Fonseca Neto, no evento que homenageou nomes de destaque na atuação profissional na iniciativa pública, privada e também da pesquisa, diplomado ainda os conselheiros da instituição.

“A Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro), vinculada à Secretaria de Estado da Agricultura, do Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri) foi criada em 13 de abril de 1983. Tem por finalidade a execução das políticas públicas de recursos hídricos e irrigação do Estado, como o aproveitamento múltiplo da água, saneamento básico para comunidades rurais, estudos, pesquisas, ações de desenvolvimento social e econômico. É uma empresa pública de maior atuação em irrigação e captação de águas subterrâneas no estado, tendo perfurado mais de 3.860 poços tubulares e disponibilizando infraestrutura que tornam irrigáveis 11.516 hectares de terra agricultável, beneficiando continuamente mais de 66 mil pessoas no campo”, narrava o mestre de cerimônias Lyderwan Santos.

Por ter em seu quadro de funcionários engenheiros agrônomos, civis, mecânicos, eletricistas, florestais e de segurança no trabalho – o próprio presidente do Crea-SE, Arício Resende Silva, é um deles – a cooperação entre Cohidro é a entidade é mútua. Desde a construção de seus perímetros de irrigação, em que hoje trabalha em obras de recuperação da infraestrutura civil; do mesmo modo atuando a todo tempo na implantação e manutenção de sistemas de abastecimento de água, cisternas e barragens, além do fato de desenvolver as práticas agronômicas nos lotes irrigados pela empresa, onde também dá assistência técnica agrícola, as áreas representadas pela entidade estão inseridas em todas as atividades fins da estatal.

Homenagens também foram feitas ao DER, Condise, Emdagro e ao agrônomos e ex-secretários de estado da Agricultura Edmilson Machado, Paulo Viana e Manoel Hora (foto) este último foi diretor também da Cohidro; dentre outros engenheiros e empresas de atuação pública ou privada. Pelos serviços prestados no conselho do Crea-SE, foi diplomado o engenheiro mecânico Caio Santana Silva, também da Cohidro. Representando a Associação dos Engenheiros Agrônomos de Sergipe (Aease), o presidente Fernando Andrade (foto), também dos quadros da companhia estadual, participou do evento.

Atualizado em