Comissão de trabalho realiza mais uma visita a Ceasa

Mais uma visitação feita pela comissão de trabalho para a regularização da antiga Ceasa de Aracaju no último sábado, 14. Espaço público pertencente à Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro), concedido para a Associação dos Usuários da Ceasa de Aracaju (Assuceaju), que administra o comércio de hortifrutigranjeiros.

A visita em um sábado quis constatar a situação da feira semanal que ocorre neste dia. Há cerca de um mês ela mudou de local, dentro do pátio da Ceasa, para melhor acomodar o trânsito de veículos e passar a ser coberta por tendas, não mais por bancas, assegurando proteção contra sol e chuva para feirantes e fregueses.

Embora os feirantes façam queixas de que perderam a referência que tinham antes, para serem encontrados pelos antigos clientes e que com as tendas, o espaço entre as bancas tenha diminuído, o maior problema identificado está sendo na pavimentação e drenagem do novo espaço. O calçamento em paralelepípedo dificulta o escoamento da água da chuva e a higienização do local. O asfaltamento da área já estava sendo pleiteado pela Cohidro junto ao DER.

Dona Carmelita Alves comercializa na feira da Ceasa há quase 40 anos. Vende queijos vindos diretamente do Sertão Sergipano. Para ela, as pessoas estão demorando a se acostumar com a mudança da feira, por terem se desencontrado dos clientes, mas o problema mesmo está na falta de escoamento da água quando chove, prejudicando a feira. Já Maria de Lourdes e Maria Lucia Nunes de Jesus, mãe e filha, tem 38 anos com uma banca na Ceasa e dizem que a mudança no local da feira melhorou, com o aumento do estacionamento para os clientes.

Novas visitas
No sábado, estiveram presentes à Ceasa o economista Carlos Alberto Coutinho, o advogado André Luiz Viana e a gestora governamental Claudia Moreira Rego, que integram a comissão de trabalho da Cohidro para regularização da Ceasa. Novas visitas estão sendo agendadas com representantes da Emsurb e Emurb, para organização do espaço de vendas e da SMTT, para questão da circulação e estacionamento de veículos, dos clientes e de carga/descarga.

A comissão ainda trabalha no processo licitatório para administração do espaço e está elaborando o novo edital. Em fase em que colhe informações de ceasas em outros estados ou em situações semelhantes, como é o caso da Rua do Turista.

Atualizado em