O Programa “Balde Cheio” foi originado na Embrapa Pecuária Sudeste e em Sergipe foi implementado, pela primeira vez, no Perímetro Irrigado Jabiberi, em Tobias Barreto, a partir da parceria entre a Cohidro e Sebrae Sergipe. Já no ano em que iniciou sua operação, 2010, aumentou a produção de leite dos pecuaristas de 1.080 litros para cerca de 2,5 mil por dia.

No Perímetro de Tobias Barreto, os irrigantes pela Cohidro recebem a água distribuída pelos canais da Companhia, abastecidos pela barragem do Rio Jabiberi. Nos lotes a água é armazenada para ser aplicada nos piquetes de pastagem. O gado leiteiro é manejado em sistema rotativo, enquanto um setor recebe as vacas, os outros estão em descanso, recebendo água para que o capim cresça novamente. Hoje, o tamanho do rebanho criado no Perímetro gira em torno de 180 animais.

Também no Jabiberi, um dos lotes que recebeu a estrutura do “Balde Cheio”, foi reservado para servir como unidade demonstrativa do programa, onde são aplicados periodicamente palestras, dias de campo e cursos de aperfeiçoamento das técnicas. Mas a assistência técnica prestada pelos Técnicos da Cohidro é contínua, além do incentivo permanente à utilização de tecnologias que amplifiquem a produção, como o uso da inseminação artificial no processo reprodutivo das vacas.

Projeto piloto

O Jabiberi serviu como projeto piloto para o “Balde Cheio” no estado e agora servirá como base para que o Sebrae crie outras quatro unidades do sistema de criação de gado leiteiro integrado à irrigação, nos municípios de Riachão do Dantas, Boquim, Itabaianinha e Lagarto. Serão beneficiados 100 pequenos pecuaristas, utilizando da mesma metodologia empregada no perímetro da Cohidro em Tobias Barreto.

Atualizado em