Jackson e ministro do Desenvolvimento Social anunciam construção de 3.576 cisternas e aguadas no semiárido sergipano

O governador Jackson Barreto e o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, anunciaram nesta segunda-feira, 18, em Tobias Barreto, investimentos que superam o valor de R$ 19 milhões para implantação de 3.576 cisternas e aguadas em municípios sergipanos (R$ 15 milhões) e para incluir 2 mil famílias sergipanas no Programa de Inclusão Produtiva Rural (R$ 4,8 milhões). Durante a visita ao Centro Sul sergipano, o governador e o ministro também apresentaram os primeiros resultados do Programa Criança Feliz em Sergipe e realizaram a entrega de um veículo doado ao estado pelo Ministério.

O convênio firmado entre o Ministério do Desenvolvimento Social e o governo do Estado de Sergipe, por meio da secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), no âmbito do Programa Nacional de Apoio à captação de Água de Chuva e Outras Tecnologias – Programa Cisternas possibilitará a construção de barreiros (aguadas) e cisternas de placas de 16 mil litros para armazenamento de água para famílias rurais de baixa renda atingidas pela seca nos municípios do semiárido sergipano.

“Foram mais de R$ 19 milhões anunciados pelo Ministério do Desenvolvimento Social. O que nós estamos fazendo aqui, hoje, é um palanque dedicado ao povo pobre de Tobias Barreto e do estado. Só foram discutidas aqui políticas públicas para os mais pobres de Sergipe, o que condiz com minha história de luta. Nós, governantes, temos obrigação de cuidar de toda a população, mas, como pregou Jesus, cuidar dos que mais precisam, em primeiro lugar. É isso que o papa Francisco tem nos ensinado. Tem ensinado a cuidar dos mais pobres. Estou feliz de participar dessa programação, porque nós também ajudamos a fazer a seleção dos municípios. Quanto as cisternas, somente Tobias Barreto vai receber mais de mil cisternas para enfrentar os desafios da seca. Por outro lado, o ministro veio mostrar sua alegria com o lançamento do Programa Criança Feliz, já que o estado de Sergipe é o primeiro estado do país a fazer a elaboração do programa de forma objetiva e concreta, hoje já envolvendo mais de 70% dos municípios do estado”.

Serão 3.062 cisternas no valor de R$ 10.819.805,66, e 514 barreiros, no total de R$ 4.180.194,33. A contrapartida estadual é de R$ 152 mil. De acordo com o convênio, a execução do Programa para implantação de cisternas e aguadas ficará a cargo da Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro) em Sergipe.

O ministro Osmar Terra elogiou a gestão de Jackson Barreto e Belivaldo Chagas e afirmou que a destinação dos R$ 15 milhões do Programa Cisternas para o estado se deu devidos a luta de Jackson e do deputado federal Fábio Reis. “Jackson fez uma grande transformação no estado de Sergipe, nas políticas sociais e, com certeza, muito do que é feito por Jackson só é possível porque ele tem o vice-governador, Belivaldo, ao seu lado. Sergipe iria receber R$ 2,5 milhões do dinheiro destinado a este programa pelo governo federal, mas o governador, Fábio Reis e Sérgio Reis me procuraram e expuseram as necessidades do estado e passamos para R$ 15 milhões investidos aqui”.

Osmar Terra explicou que a intenção é que no próximo ano, mais sergipanos sejam contemplados com cisternas. “Vamos zerar o número de cisternas necessárias. Para isso, no início do próximo ano, vamos liberar mais recursos para o estado. Estamos trabalhando para ajudar quem mais precisa”.

Famílias dos municípios de Tobias Barreto, Telha, Simão Dias, São Miguel do Aleixo, Pinhão, Poço Redondo, Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora da Glória, Nossa Senhora Aparecida, Monte Alegre e Macambira serão contemplados com cisternas. E receberão barreiros: Tobias Barreto, Nossa Senhora Aparecida, Pinhão, Frei Paulo e Macambira.

“São mais de 4 mil famílias de baixa renda beneficiadas com acesso a água, um dos bens mais preciosos da vida. Só em Tobias Barreto são 1.032 cisternas”, expôs o deputado federal Fábio Reis.

O prefeito de Tobias Barreto, Diógenes Almeida, expressou a alegria com os benefícios levados ao seu município. “Recebemos a visita do ministro, que nos trouxe 1.032 cisternas e um carro-pipa. Enfrentamos o maior período de seca visto em Sergipe. Hoje está chovendo, mas não é comum vermos chuva por aqui em setembro. É uma felicidade saber que quando voltarmos ao período de seca nossa população poderá ter água captada em casa”.

Já o prefeito de Nossa Senhora da Glória, Chico do Correio, um dos municípios beneficiados, falou que as cisternas e aguadas serão a garantia de água para os agricultores no período de seca. “Qualquer ação do governo federal, juntamente com o governo do estadual, para melhorar a convivência com a seca é de extrema importância. Portanto, nós estamos recebendo recursos para a construção de 229 cisternas que perfaz um total de R$ 229 mil. Recursos que vão se somar às ações que o município já fez e que o governo do Estado realizou no governo de Marcelo Déda e no governo de Jackson Barreto, com relação água encanada para as comunidades”.

Leia mais clicando aqui

Fonte: Agência Sergipe de Notícias