Semarh e Cohidro visitam Secretaria de Recursos Hídricos do Ceará

Foto: Ascom/Semarh

O secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Olivier Chagas, esteve nesta terça-feira, 17, no estado do Ceará, onde visitou a Secretaria dos Recursos Hídricos (SRH), a Companhia de Gestão de Recursos Hídricos (Cogerh) e a Superintendência de Obras Hidráulicas (Sohidra). A visita, de caráter técnico, teve como objetivo adquirir conhecimento de como é feita a gestão, a governança das águas no estado do Ceará.

Acompanhou o Secretário, o superintendente estadual de Recursos Hídricos de Sergipe, Ailton Rocha e consultor Emerson Emiliano. Da mesma comitiva participavam, representando a Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro), o seu diretor-presidente José Carlos Felizola Filho, o diretor de irrigação João Quintiliano da Fonseca Neto e o diretor de Infraestrutura Paulo Henrique Machado Sobral.

Para a Cohidro, a parte mais importante da missão foi conhecer o trabalho desenvolvido, na gestão dos recursos, pela Cogerh. “No Ceará, o território do estado quase todo é caatinga, por isso eles tem lá as melhores tecnologias de aproveitamento da água Nordeste. É uma empresa pública, de economia mista e que faz a exploração dos escassos recursos hídricos do Estado. Por isso fomos lá, visitar e tentar trazer alguma experiência para Sergipe”, assinalou o presidente Felizola.

“O projeto do programa ‘Água de Sergipe’, tem um item que trata da busca um novo modelo de gestão da água bruta para a Bacia do Rio Sergipe. E o Banco Mundial sugeriu usar, como parâmetro, a experiência da Cogerh. Lá a Empresa faz a gestão desses recursos, fazendo a venda da água para as SAAEs do estado, para a indústria, a piscicultura e para a Irrigação. Além desenvolver projetos de novas formas de aproveitamento dos recursos hídricos”, acrescentou o diretor João Fonseca.

O Banco Mundial está investindo U$ 70 milhões, o equivalente a quase R$ 200 milhões, em obras estruturantes na Bacia do Rio Sergipe. O programa prevê a construção do sistema de esgotamento sanitário de Itabaiana e Nossa Senhora das Dores; macrodrenagem de Itabaiana; revitalização dos perímetros irrigados de Jacarecica I e II e Ribeira, da Cohidro; e reflorestamento de matas ciliares dos afluentes do Rio Sergipe.

Leia mais sobre a visita da Semarh clicando aqui

Fonte: Agência Sergipe de Notícias