Cohidro implementa Programa Interno de Melhorias Administrativas

postado em: Cohidro | 0
Estrutura do forro de salas da administração inviabilizavam o trabalho da Empresa – foto: Ascom/Cohidro.

Com o objetivo de compatibilizar o atendimento das necessidades operacionais das diretorias técnicas, com as observações das demandas funcionais feitas pela Diretoria Administrativa e Financeira (Diraf), da Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro), foram realizadas obras de reestruturação predial e a aquisição de equipamentos, tanto da sede da Empresa bem como nas instalações dos seus perímetros. No Programa Interno de Melhorias foram investidos quase R$ 300.000, na aquisição de equipamentos e reformas prediais.

Na Diraf foram elaborados estudos sobre a capacidade orçamentária e financeira, em função das prioridades elencadas nos levantamentos realizados pela Gerência de Logística (Gelog) da Cohidro. Na primeira fase do Programa, foram realizadas aquisições de ar condicionados, computadores, móveis; reforma do forro e pintura interna e externa do prédio administrativo, em Aracaju, como também das instalações da Estação de Bombeamento 01, do Perímetro Irrigado Piauí, de Lagarto.

A pintura das salas e corredores ocorre a partir da liberação das instalações, assim que é concluído o trabalho da empresa contratada para a reforma do forro. Já esta etapa abrange toda a área administrativa e também inclui, além da substituição das placas, a mudança das estruturas de sustentação do forro, serviço 70% concluído. Como a implementação do Programa de Melhorias vem para acarretar condições de trabalho mais adequadas para todos os funcionários da empresa, também está abrangendo a aquisição de equipamentos de proteção individual (EPI’s), promoção de treinamentos técnicos, motivacionais e de saúde preventiva ao corpo funcional.

De acordo com o assessor da Diraf, Carlos Alberto Coutinho, a montagem dos cenários orçamentário-financeiros, a ampliação da captação da tarifa d’água junto aos irrigantes e Deso (Companhia de Saneamento de Sergipe) a definição destas prioridades, proporcionaram eficácia na execução das obras e agilidade na aquisição dos equipamentos previstos no Programa. ”Nós temos conseguido atender todas as demandas do corpo diretivo, mantendo o equilíbrio orçamentário e financeiro da Empresa. Estamos realizando um esforço continuo para honrar no prazo de vencimento, os compromissos firmados pela Cohidro, destacamos a parceria com a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), que tem sido de grande importância”, afirmou.

Diretor Administrativo da Cohidro, Jorge Kleber Soares Lima enfatizou que o sucesso alcançado pela sua equipe deve-se a coerência com que foi tratado o levantamento de custos. “Havia uma necessidade urgente na execução de obras prediais na Empresa, eram vários setores onde a continuidade do trabalho estava totalmente comprometida por limitações estruturais. Mas isso não foi motivo para desprezar a atual realidade financeira que o Estado atravessa e tudo foi feito com o mínimo possível de despesas”, considerou.

Na visão do diretor-presidente da Companhia, José Carlos Felizola Soares Filho, as transformações na área administrativa acompanham o ritmo de reestruturação que passa toda Empresa. “Completamos 05 meses retomando as obras estruturantes nos perímetros irrigados, através do Proinveste, com equipamentos adquiridos e reformas sendo realizadas. Também alavancamos a concretização da primeira fase do ‘Água para Todos’, com novos 40 sistemas de abastecimento de água fornecendo para 1.920 famílias no campo, tanto que o Ministério da Integração Nacional já nos autorizou fazer a segunda etapa do Programa, com mais 67 poços”, afirma.

O titular da Gelog, Erick Brasil, destacou que as obras são fundamentais para a redução dos custos e colabora com o bem estar dos funcionários. ”Essas reformas e as substituições de equipamentos com problemas são indispensáveis, porque permitem a melhoria nas contas, principalmente de energia. Aqui nós temos equipamentos com anos de uso e essa substituição proporciona uma diminuição significativa nos custos”, completou.

Compartilhe
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter