Presidente da Cohidro fala da emoção em levar água para comunidades carentes

José Carlos Felizola no Programa Sala Parlamentar

O diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro), o advogado José Carlos Felizola Filho ressaltou na manhã desta segunda-feira, 31, durante gravação do Programa Sala Parlamentar, na TV Alese, a importância de ações voltadas para amenizar os efeitos da seca, a exemplo do Programa Água para Todos.

“Quando cheguei na Cohidro, a empresa estava em processo de extinção. Foi um desafio muito grande e hoje graças a Deus colocamos a empresa num cenário de relevância político-institucional do nosso Estado. Essa seca que nós atravessamos mostrou o papel importante que a Cohidro tem”, afirma destacando que deu continuidade ao trabalho do antecessor, o ex-deputado estadual, Mardoqueu Boldano, implementando os programas que estavam em andamento, mas que já está colocando a sua marca e dando a sua contribuição.

Entre os programas desenvolvidos pela Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação, Carlos Felizola falou sobre a importância do Água para Todos.

“Esse programa é fantástico. A gente acha a água um coisa tão simples, mas tem muita gente carregando em carroças, em potes na cabeça. Nós chegamos em comunidades rurais que não são abastecidas por água, cavamos o poço, armazenamos a água e distribuímos para as casas. Com dois meses de gestão nós inauguramos o primeiro poço em um assentamento de Sem-Terra no município de Japaratuba. O que nos deixa emocionados é que não levamos apenas água para essas comunidades carentes, levamos saúde e sobretudo dignidade”, afirma.

E acrescenta: “É uma coisa muito simples e quando a gente faz isso, a gente colhe, como dizia o saudoso Marcelo Deda, sorrisos e isso é a essência daqueles que procuram fazer o Poder Público”.

Água para Todos
O programa Água para Todos é coordenado pelo Ministério da Integração Nacional (MIN) e faz parte do Plano Brasil Sem Miséria. O objetivo é levar água para 750 mil famílias, principalmente do semiárido brasileiro, universalizando o acesso de água a populações carentes residentes em comunidades rurais, e para consumo animal.

No Estado de Sergipe, serão investidos R$ 14,4 milhões em 25 municípios, na perfuração e instalação de 107 sistemas de distribuição e abastecimento de água potável. Para a segunda fase de execução, já estão previstas a perfuração e instalação de outros 67 sistemas de abastecimento.

Outros programas
Na entrevista, José Carlos Felizola Filho falou ainda sobre os programas: perímetros irrigados, contribuindo para a produção de 49,6 mil toneladas de alimentos; perfuração de poços tubulares; aquisição de alimentos; programa de recuperação de barragens; cisternas e Programa Produtor de Água, entre outros.

Compartilhe
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter
Seguir junior:

Últimos Posts de