Lote do Platô de Neópolis se prepara para exportar manga à Europa

postado em: Vídeos | 0

O Programa Sergipe Rural, da TV Aperipê, fez reportagem sobre a iniciativa agro-empresarial que está adaptando a produção de mangas instalada no distrito de irrigação Platô de Neópolis, para a exportar para o mercado europeu. Segundo o agrônomo Paulo Feitosa da Cohidro, acompanha e fiscaliza a produção agrícola-comercial do Platô, a produção segue os passos de outra produção, em que a exportação de limão Taiti para a Europa está consolidada.

No Platô de Neópolis a Cohidro é a empresa estatal a quem pertence o patrimônio utilizado pelos 40 concessionários e desempenha a função fiscalizatória. As empresas concessionadas entre si administram o funcionamento da infraestrutura de 50 km de canais, quatro estações de bombeamento e 54 reservatórios abastecidos pela água do Rio São Francisco. Juntos produzem 570 mil toneladas anuais de produtos agrícolas e geram 5;600 empregos e permanentes. Antes do surgimento do platô, a área de 10.312 hectares só era explorada com a a monocultura da cana e de sequeiro, oferecendo menos de 1.000 postos de trabalho.