Diretores da Cohidro visitam poços e localidades em Carira

Foto: Arquivo Pessoal

Toda diretoria executiva da Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro) estiveram ontem (2) percorrendo o município de Carira. Carlos Melo (Presidente), Diogo Machado (Administrativo e Financeiro), Paulo Sobral (Infraestrutura Hídrica) e João Fonseca (Irrigação), visitaram localidades em que estão sendo solicitados novos poços, ou então onde eles já existem, mas necessitam de instalação de sistemas de abastecimento.

E a primeira parada foi no Povoado Três Tanques, onde o problema que limita a viabilidade da maioria dos poços perfurados na região, a salinidade, foi superada com a instalação de um dessalinizador. Sobre um poço perfurado pela Cohidro, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Semarh) implantou ali um sistema de abastecimento de água que hoje atende os mais de 500 habitantes da localidade. A obra entregue à população em 2016 faz parte do Programa Água Doce, em que o Governo do Estado está implantado em Sergipe 33 destas unidades, com intuito de fornecer água doce para 2.757 pessoas.

“Essas unidades de abastecimento e dessalinização de água aparentemente são um investimento de valor não muito elevado, à época orçados em torno de R$ 130 mil cada, e podem ser um padrão à ser replicado nos demais poços que a Cohidro perfurou na região e que estão impedidos de funcionar justamente pelo excesso de salinidade, impróprio para o consumo humano. Principalmente pela tecnologia utilizada para o descarte dos rejeitos, dentro dos padrões ambientais adotados pela Semarh. Nossas equipes são aptas para este serviço e até colaboraram bastante na instalação desses sistemas do Água Doce, pela expertise que têm para pôr para funcionar bombas e tubulações”, considerou o diretor-presidente Carlos Melo.