Feira da Agricultura Familiar no perímetro Califórnia será toda quarta-feira

Organizadas pela Seidh, feiras abrem espaço para o produtor vender diretamente ao consumidor, com estrutura e treinamento em boas práticas

 

Dona Marlene é irrigante no perímetro mas tem experiência em feiras até fora de Sergipe – Foto Fernando Augusto (Ascom-Cohidro)

Agricultores irrigantes do Perímetro Irrigado Califórnia, administrado pela Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro) em Canindé de São Francisco, assim como os moradores e visitantes da cidade, ganharam um ponto específico e semanal para a compra e venda de alimentos produzidos no próprio município: a Feira da Agricultura Familiar (FAF). Agora, toda quarta-feira, das 6h até às 14h, está marcado o encontro entre produtor e consumidor, que leva produtos recém-colhidos, sem o sobrepreço de intermediários e em ambiente dentro das normas sanitárias.

Quem organiza a FAF é a Secretaria de Estado da Mulher, da Inclusão e da Assistência Social, do Trabalho e dos Direitos Humanos (Seidh) que, com esta, realiza simultaneamente 24 feiras em 19 municípios sergipanos. Enquanto a Cohidro organiza o produtor para que ele produza a todo tempo e com qualidade, o Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional da Seidh (DSAN) fornece a eles as barracas, as balanças eletrônicas, aventais personalizados e as caixas de transporte dos hortifrútis. Foram cadastradas 27 famílias de agricultores para comercializar alimentos na feira e na primeira edição, ocorrida na quarta-feira, dia 7, eles dividiram 10 bancas para comercializarem seus produtos no pátio do escritório do perímetro Califórnia.

Titular da Seidh, o secretário José Carlos Felizola revela ter uma satisfação em dobro ao ver ser realizada a FAF no perímetro Califórnia. “Eu ainda era presidente da Cohidro quando o meu antecessor, o secretário Zezinho Sobral, anunciou a Feira da Agricultura Familiar em Canindé e dentro do perímetro da empresa. Uma notícia de grande alegria ao saber que, em mais uma ação, a pasta estadual estaria colaborando com a melhora da condição dos produtores que a Cohidro atende. Hoje, eu secretário da Inclusão Social, fico sabendo de que a feira ocorreu como previsto e que para as próximas edições, a tendência é de melhorar”, comemorou.

Felizola explicou ainda que a Seidh vai elevar a feira de Canindé a um outro patamar, quando os feirantes passam por treinamentos em boas práticas de manejo e comercialização dos produtos dentro das normas sanitárias. Isto feito com a parceria do Instituto de Cooperação para o Desenvolvimento Rural Sustentável (Icoderus). “Assumimos o compromisso firmado por Zezinho, dando continuidade as edições semanais da feira. Agora vamos, além de fornecer a estrutura e os materiais para a feira acontecer, também realizar a capacitação destes produtores a partir de nossos parceiros”.

Os feirantes-produtores construíram uma expectativa realista da primeira FAF no perímetro irrigado, da experiência por eles adquirida e da consolidação do evento para o consumidor, como expôs o irrigante Ednaldo Anjos Silva. “O primeiro dia da feira estou achando ótimo, que é pra incentivar mais o consumidor. Eu trouxe pimentão, mamão, tomate, pepino e laranja. Graças a Deus, vendi de tudo um pouco. Vamos prosseguir e incentivar o consumidor, ai vamos trazer mais coisas diferentes para chamar a atenção do consumidor”, argumentou.

Apoio à produção
Gerente do perímetro Califórnia, Eliane de Moura Moraes se esforçou, durante a mobilização dos produtores, para que as bancas da FAF fossem supridas somente com produtos gerados por eles nos lotes irrigados. “Deixamos bem claro: não importa a quantidade, mas sim a qualidade e a origem dos alimentos. Tem que ser do perímetro, para incentivar a nossa produção e também oferecer ao consumidor um alimento fresco, de preferência, colhido no mesmo dia. Até por foi isso que não vimos as bancas abarrotadas de produtos, mas com o tempo a tendência é de eles aumentarem a produção para suprir esta demanda. Capacidade, terra e água sabemos que eles têm para isso”, taxou.

Para as próximas edições, a gerente quer destacar ainda mais a FAF. “Estamos preparando a área externa ao pátio do nosso escritório, beirando à rodovia, para a feira funcionar lá. Assim fica muito mais visível aos moradores de Canindé e também para quem está de passagem. Aqui é a rota turística para o cânion e o museu do Xingó, para o passeio da Grota do Angico, em Piranhas (AL) e para quem viaja para a Bahia e Alagoas”, justifica Eliane Moraes.

Presidente interino da Cohidro, Jorge Kleber Soares Lima considera que o incentivo à produção dos irrigantes, feita pela FAF, complementa a ação do Governo do Estado nos perímetros. “A empresa leva a água de irrigação e assistência dos nossos técnicos em cada lote, para poder ser possível a produção de alimentos o ano todo, principalmente no caso do sertão de Canindé. A Feira da Agricultura Familiar da Seidh vem para coroar este esforço do Governo de incentivar a produção agrícola por meio dos perímetros irrigados. Até porque muitas das vezes ou falta um lugar para a comercialização, ou o atravessador diminui muito a renda de sustento da família daquele trabalhador do campo”.

Nova experiência
Eliane e Wline Vieira de Souza, mãe e filha, são de uma família grande, onde em torno de 20 pessoas trabalham diretamente com a agricultura em três áreas irrigadas no Califórnia. Produzem pequenas quantidades de hortaliças, frutas e nesta primeira edição da FAF trouxeram produtos largamente explorados comercialmente durante todo ano, como a banana, a acerola, o limão, o quiabo e a macaxeira, mas também um fruto nativo e de época: o umbu. A feira, dentro do perímetro irrigado e explorando somente aquilo que é gerado no polo agrícola, acaba sendo uma novidade experimentada tanto pelo consumidor como por quem é produtor.

“Hoje, como primeiro dia de experiência, a gente trouxe de tudo um pouco, para vim conhecer o espaço pela primeira vez, conhecer um pouco das pessoas que necessitam de um produto saudável. A gente, com a agricultura familiar, poder ter uma relação mais próxima com o consumidor, que necessita de um produto que seja mais transparente na sua qualidade, que vem diretamente da roça para a Feira da Agricultura Familiar”, considerou Eliane Vieira. Ela revela que a família ainda beneficia os alimentos que cultiva. “Também usamos nossos produtos para confeccionar outros produtos e oferecer mais variedades para o nosso consumidor”.

Para o diretor de Irrigação e Desenvolvimento Agrícola da Cohidro, João Quintiliano da Fonseca Neto, é tendência nos perímetros irrigados o esforço das agro-famílias em agregar valor aos produtos que eles cultivam. “Os membros das famílias têm se juntado esforços para pegar aqueles alimentos in natura, que colhem nos lotes, para fazer o processamento. Seja, aquele que é mínimo, com cortes, descascamento e embalagem, ou produzindo outros artigos, como doces, sucos, bolos e conservas. Nesse ponto, temos o apoio de parceiros como o Sebrae e Senar, para apoiar os produtores promovendo cursos de capacitação”, afirmou.

Não só de principiantes se fez a primeira FAF. Ela também serviu para que produtores irrigantes já com experiência no contato com o consumidor, como é o caso de Marlene Marques da Silva, estabeleçam um ponto de venda próximo do lote, sem os custos e a deterioração devido à locomoção. Um local onde seja exclusivamente comercializado aquilo que produzem, concorrendo com produtos da mesma origem e voltados a um público específico e atraído por estes artigos.

“Tem uns 10 anos que vendo nas feiras, mas vendo em Delmiro (Gouveia-AL), Piranhas (AL), aqui em Canindé. ai surgiu essa feira. A gente vem com o produto da roça mesmo, rogando a Deus que dê certo. Foi até boa a feira, esperar que a próxima seja melhor ainda, porque já é uma renda a mais”, avaliou Dona Marlene, irrigante no Califórnia que trabalha no lote com o filho, o genro e esposo. Nesta edição da FAF, ela trouxe macaxeira, batata-doce, quiabo, manga, batata e feijão de corda. “Tudo da roça”, reforçou.

Compartilhe
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter